TEMPO É MIOCÁRDIO...

O diagnóstico precoce e a instituição da terapêutica de reperfusão atempada constituem a chave do sucesso na abordagem do Enfarte Agudo do Miocárdio com Supradesnivelamento de ST (EAMcST).

O tempo total de isquemia, definido como o tempo desde o início dos sintomas até à  instituição da terapêutica de reperfusão, tem um impacto determinante no prognóstico do doente com EAMcST. A minimização deste tempo deve ser um dos objetivos primordiais de todos os profissionais de saúde envolvidos na abordagem destes doentes.

As redes de referenciação regional, vulgarmente designadas de via verde coronária, constituídas por hospitais com diferentes níveis de diferenciação técnica e pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), assumem um papel central na optimização do tratamento do EAMcST, em particular na redução dos tempos de atraso até à terapêutica de reperfusão.

Para além dos modelos organizativos de âmbito local e nacional e do envolvimento dos decisores políticos, esta batalha só pode ser ganha pela sensibilização e motivação de todos os profissionais envolvidos no tratamento do doente com EAMcST. Para isso é essencial a formação e atualização profissional, bem como a criação e avaliação periódica de registos que permitam melhorar a performance de cada instituição.

Tempo é miocárdio, cada um de nós pode fazer a diferença!

Sílvia Monteiro, em nome do grupo de formadores do STEMINEM DAY